quarta-feira, 4 de junho de 2014

Pirata....filosofando e navegando

Amigos da pirataria alada.....cá está esse Zen pirata que vos fala ... para comentar esse dia de navegação...
Estamos cruzando a 9 nós o Mediterrâneo, com proa de Gibraltar.No momento vejo ao largo a boa e velha ilha de Palma de Mallorca , palco de algumas pirateadas anteriores.
Enquanto me dedicava a , estafante tarefa, de meditação..ouvindo Jack  Johnson,como convem nessas ocasiões, e já imaginando o próximo visual da libertina ilha de Ibiza...aquela Sodoma e Gomorra moderna onde tudo pode , já descrita aqui anteriormente ,este light pirata que vos fala se deparou com uma visita inusitada..........Em plena travessia marítima , um companheiro alado,sem características marítimas aparente , resolveu fazer seu pit stop na Nau Pirata...e escolheu , como é natural, a janela do camarote de alguém afim (ou seja tão alado quanto ele)...o Pirata Alado.Depois das apresentações formais obtive sua autorização para tirar algumas fotos e publicá-las neste espaço, uma vez que .. pirata que é pirata , mata a cobra ... e mostra o pau..(sempre no bom sentido).
Depois de trocarmos algumas impressões sobre nossa atividade comum(o voo) por terras e mares Europeus....o meu recente amigo pediu licença, alegando compromissos importantes, e decolou com muita facilidade, demonstrando não se tratar um amador na difícil arte de se manter no ar por meios próprios.....”---- BOM VOO ...MEU AMIGO ... E FELIZ ATERRIZAGEM..”..desejei sinceramente

... Voltei a minha importante atividade reflexiva....quando um novo movimento animal inusitado , novamente me chamou atenção....Dessa vez o elemento utilizado não era o ar ... e sim o mar........ Agucei meus instintos marinheiros e percebi companheiros navegantes que alegremente saudavam a Nau , me convidando para uma apresentação de habilidades na proa...
Munido de minha possante máquina de registrar momentos(mais conhecida como câmera fotográfica)... e me dirigi para o local da cerimônia...o bico de proa da Nau
Reparem caros leitores a qualidade artística da foto abaixo.
Não é montagem fotográfica...o mar estava espelhado e transparente....a proa da Nau aparece refletida no mar com a imagem deste fotógrafo pirata no bico......os seres marítimos, meus amigos golfinhos estão bailando submersos....desafiando a espuma formada pela proa da Nau , cortanto o mar.....lindo!!

Depois dessa.... só me resta....pensar: “o que será que fiz para merecer momentos como esse?”.....e respondo!  “não fiz nada.....a vida é assim mesmo... a gente é que tem que perceber..”

Um beijo no coração de todos e na bunda dos golfinhos e do meu novo amigo alado



    Pirata ...e o prazer de voar



    Hoje ,a beira da piscina na pousada da aprazível,pacata e progressista Guamaré – RN, em meio ao descanso regulamentar para cumprimento de alerta noturno (imposição da regulamentação offshore), sob efeito dos raios solares potiguar, fui assaltado (no bom sentido) pela constatação do prazer que a atividade aérea proporciona a seus profissionais.É verdade que a atividade tem o seu grau de risco, se considerarmos que o corpo humano não foi projetado para tal atividade, porem , imagino que por esta razão o prazer na execução da dita atividade se torna maior, por inusitado ou por desafio e pela sensação de perigo , tão presente no íntimo humano.Some-se a isso tudo, uma remuneração compensadora se comparada a outras atividades profissionais. Assim sendo resolvi deitar falação sobre um ultimo translado que fiz , desde Paracuru (a nordeste de Fortaleza) até Macaé(Meca do offshore na costa fluminense.)
      
     

    Se pararmos para analisar,me pergunto: “- Quantas pessoas no mundo tem a oportunidade de correr grande parte da, privilegiada,costa brasileira, a bordo de um helicóptero , ou seja , voando em altitude e velocidade compatíveis  com a observação das belezas proporcionadas pelo litoral nordestino ?”… Pois é pouquíssimas pessoas tem essa oportunidade e se adicionarmos a isso o fato de estar sendo remunerado, esse numero diminui mais ainda .Logo , sem a intenção de causar inveja a ninguém vou repartir esse prazer com os milhões de seguidores espalhados mundo afora.A aventura,ou melhor, a atividade profissional, começou em Paracuru, Para quem não conhece, se trata de uma aprazível cidadezinha do litoral cearense provida de belas dunas , um verde mar que se apóia em lindas praias onde a vida corre como em todas as pequenas cidades do interior brasileiro. Uma praça com sua bela igreja e seus habitantes daqui pra la e de la pra cá , sustentados pela economia gerada pelas atividades da Petrobras .


    Decolamos de Paracuru com destino a Guamaré, litoral do Rio grande do Norte, onde fariamos uma inspeção de manutenção.Depois de cerca de 2 horas de vôo apreciando o recorte das praias e suas dunas, e passando ao largo da bela Fortaleza, avistam os parques eólicos de Guamaré.É uma visão interessante daquela gigante plantação de ventiladores que brotam da areia da costa tocados pelo refrescante brisa constante da região.
    Depois de uma pizza , na já famosa pizzaria da Aninha(única da cidade)pernoitamos em Guamaré aguardando a inspeção do bravo EC-135 que nos carregava no lombo , tal qual um moderno jegue alado.
    Inspecionado, lavado e pronto, nosso jegue alado decolou com destino a João Pessoa. Foi uma pernada interiorana pelo sertão árido nordestino mas brindado com chuvas intensas nessa época do ano .Na capital paraibana para abastecimento ,alguns tripulantes encontraram parentes que aproveitaram a inusitada escala para reverem familiares e apresentar a nossa máquina de transporte.
    De João Pessoa seguimos para Maceió mantendo a beleza do litoral no visual. Mais um abastecimento e nova decolagem , agora com destino a Aracaju.Neste trecho me surpreendi com a beleza das falésia ao sul de Maceio. Não as conhecia , daí a agradável surpresa.O conjunto de cores formado pelas verdes higthlander tomadas de plantações de cana de açúcar que se rompiam abruptamente pelas falésias coloridas de roxo , vermelho, amarelo que se debruçavam nas areias brancas que recebiam as espumas das verdes azuladas ondas dor mar bravio.Simplesmente LINDA paisagem. Ao fim do vôo fomos brindados com um por do sol refletindo nas lagoas próxima a capital sergipana.Ao chegar ao acanhado aeroporto de Aracaju , um problema. Fomos comunicados pela Infraero sobre a impossibilidade de permanecermos no pátio em vista da realização do PréCaju,festa de carnaval fora de época que atrai gente de todo o nordeste , inclusive ricos fazendeiros e seus fatídicos jatinhos , helicópteros e avionetas.Após umas rápida negociação conseguimos uma quina de pátio para o descanso da nosso jegue alado.
    No dia seguinte, Salvador! Depois de sobrevoar a já conhecida e famosa orla baiana pousamos no aeroporto internacional Eduardo Magalhães , já enfrentando o movimento aéreo dos grandes pássaros que trazem a gringarada em busca de descobrir o que a baiana tem.
    Abastecido o kinder ovo decolou para Ilheus cruzando a Baia de Todos os Santos , tocando em terra em Morro de São Paulo, passando por Itacaré e chegando a terra de Gabriela cravo e canela.De Ilheus seguimos para Porto Seguro sobrevoando Comandatuba e seus infinitos coqueirais até Cabralia e a cruz da primeira missa . Abastecemos e seguimos para um longo vôo até Vitória, Depois das falesias de Trancoso , sobrevoamos algumas plantações de cacau,entramos numa interminável plantação de eucalipto qua abastece a fabrica de celulose da Aracruz.Chegamos a Vitoria já próximo ao por do Sol.
    Novamente abastecidos,decolamos com destino a Macaé já com o sol se pondo atras das montanhas espalhando seus raios para o céu colorido.Passamos por Campos já a noite identificando as luzes que formavam , no meio da noite , um tabuleiro dinamico iluminado .
    Finalmente a pista de Macaé se descurtinou a nossa frente indicando o fim da nossa estrada anunciando o cumprimento de mais uma missão.Pouso suave alegria por mais um trabalho realizado … e uma grande sensação de vitória….mais que isso….o prazer de ter voado.
    Esse deslocamento me fez lembrar de tantos outros realizados em tantas outras partes do mundo, as vezes mais exóticas, mas não mais prazerosas,porque afinal,... o prazer está simplesmente ....na atividade em si ... e não necessariamente ONDE. ... Voar é bom demais .... pergunte aos pássaros !


    Um grande beijo na bunda....e se estiver estressado ....VAI VOAR!!

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Pirata...europeando

Amigos da Pirataria Alada......o Pirata Alado (único e verdadeiro) está vivo ! para deleite geral dos amantes do ar e mar.
Depois de um bom e merecido Carnaval na Bahia ( junto com a boa e brava companheira...a já famosa Sereia Alada)....estamos de volta a pirataria europeia.Falamos diretamente da Nau Pirata passando pelo canal de Messina entre Itália e Sicília com proa de Servia Montenegro.
Para chegar aqui , este humilde pirata , que vos fala....pegou o seababoon em Geneve voou para Ostende(Belgica)e de lá para Londres (de novo....já está virando caminho da roça !).Londres estava bem ....londrina....chuva ...pouca visibilidade mas eficiente...Completamos a importação temporária e... borracha no ar ..proa Cannes .... a boa velha Cannes na semana seguinte ao festival.Nessas pernadas tive a companhia de uma das peças mais figuras que já encontrei pelas andanças europeias.. a Carolina (pilota suiça-alemã ) que contratei para fazer a navegação(que é complicada nessa região)...A menina (grande ..vide foto )...falava inglês pior que eu e tinha cerca de 300 horas de voo ... mas era engraçadíssima o que tornou as longas pernadas divertidas.....o importante é que ela me ajudou muito.
Em Cannes a Caroline voltou para Geneve ...e largou o Pirata com o pepino na mão (como sempre ..no bom sentido)...nada que um pirata calejado  não se safe ! .. e assim foi feito.
Primeiro passo ... saber onde andava a Nau Pirata......ela estava longe ...em Malta...( alias uma ilhinha de gente antipática se querem saber...meio arabe meio europeia inglesa ...ou seja estranha !)
Marcamos um rendevouz(no bom sentido ) na ilha de Stromboli perto da Sicília e partimos para o planejamento.....Cannes - Elba (perto) da Córsega e de lá para Salermo ( perto de Napoles)....lugarzinho legal e aeroporto sem frescura...
De Salermo proa pra dentro dágua 140 MN a 500 pes como nos bons e velhos tempos de HA....rumo ilha de Stromboli com seu vulcão ativo....hora e 20 de voo ... e este bom pirata encontra seu habitat natural... a boa e velha Nau Pirata de braços abertos e vento forte de travez.....Depois de tirar a ferrugem com sobrevoo low level........Seababoon a bordo AGAIN .!
Pirata Alado e seu fiel escudeiro ressurgindo das cinzas ... tal qual a boa e velha PHOENIX..Valeu até a (breve) e próxima...aguardem

um beijo no coração de alguns e na bunda de outros !!..kkk

PS:...no próximo papo .. contarei a minha ida a Weggis(concentração da seleção na Suiça) ...uma zorra total! aguardem

Pirata .....na Copa de 2006

Pirataria em Weggis

Amigos da pirataria alada.....como prometido.....vou contar a visita do Pirata Alado (num raro momento de folga) à Weggis... concentração da seleção canarinho na Suiça.
Foi num lindo domingo de sol em Geneve (coisa rara por lá)... este pirata que vos fala não tinha absolutamente....coisa nenhuma pra fazer, e resolvemos (o bravo papagaio de pirata e eu) pegar o carro (um SKODA parecido com o BORA)...e rodar na proa de Weggis (280 km de Geneve)
Geneve é aquela cidade Suiça bem com cara de Geneve!  cheio de suiço...muito banco e loja de relógio(suiço naturalmente) um grande shopping com 13 cinemas onde passam filmes americanos dublados em frances....aproveitei para ver Código Da Vinci...dublado em frances...(que chick!...para quem viu o filme tem uma passagem na piramide de vidro onde a Sereia já foi fotografada!).Portanto sair de Geneve acaba sendo o melhor programa.No final de semana anterior fui conhecer Chamonix ao pé do Mont Blanc...já em território frances.....cidadezinha legal muito parecida com Campos de Jordão ...só que com neve.....lugar para ver e ser visto...coisa que não combina muito com um verdadeiro Pirata, mas todo pirata  que se presa.. tem seu lado ..." fashion cult.'
Voltando ao passeio a Weggis.....viagem agradável estradas (sem pedágio) maravilhosas paisagens suiças do tipo embalagem de chocolate(aquelas que tem vaquinhas pastando na montanha a beira do lago ...lindo (senti falta da Sereia Alada !)...ao nos aproximarmos de Weggis começamos a ver bandeiras brasileiras em todas as pequenas cidades próximas.....Os suiços vizinhos a Weggis ( que não são bobos nem nada) tiraram uma casquinha com a presença do ilustre vizinho.
Weggis é uma cidadezinha pequena ....mas pequena mesmo... menor que Pilar do Sul (pra quem não conhece, segundo o Zé Batista .. fica ali .. do lado Paris).....porem simpática. A estradinha de entrada estava totalmente engarrafada... e os pequenos fazendeiros da região para faturar algum ... alugando os seus pastos para estacionamento. Paramos a viatura no pasto ao lado de uma vaquinha suiça e fomos a pé para Weggis..... No caminho podemos observar o que nos esperava.....um bando de miquimbas baianinhas em direção aos craque numa alegria incontida...
Ao chegarmos a cidadezinha ...lá estava ela... A ZORRA TOTAL em pessoa......barraquinha de churrasquinho de gato ....caipirinha em vários idiomas.... até barraquinha da 51 tinha......o pagode e o aché comendo solto no talo e nos palcos improvisados...gringo branquelão passando a mão na bunda de neguinha.... era uma festa total.....Até o papagaio de pirata ensaiou uns passinhos de pagode segurando uma BRAHMA numa mão e um espetinho de salchichão suiço (no bom sentido ) na outra... parecia até que estava no haras em Vargem Grande.
Tava tudo muito bom ... tudo muito bem ....mas como pirata que é pirata não é chacrete de craque de futebol .... resolvi tirar meu time de campo ... até porque as entradas para ver o treino dos Ronaldos estava esgotada...
No caminho de volta comecei a perceber um desagradável ruido familiar....que foi aumentando até que identifiquei ... era ele ... o maldito tim ...tim ..dom... tim ... tim ...dom....da maldita capoeira que me segue a 5 anos de temporadas na Bahia.Ao me aproximar do local da cerimonia identifiquei o respeitavel reporter da GLOBO Tino Marcos iniciando uma transmissão ao vivo da típica roda de capoeira suiço-brasileira.Tentei pegar uma carona na imagem para dar um txhauzinho brasileiro para os fãs ....mas como pirata não joga capoeira nem futebol ....o Tino não quiz me mostrar ...tudo bem fica pra próxima !
Depois da estafante folga ... voltamos para "alegre" Geneve passando pelos cartões postais suiços nevados ...lindo
Como podem ver .... vida de pirata alado não é mole não....
Amanhã tem mais.....
um beijo no coração de alguns ... e na bunda de outros... 

O Pirata ... e o karimês


Amigos da pirataria alada.....saudoso e carente , este humilde pirata que vos fala ... atracado no porto de Bar...isso mesmo Bar!....na Servia Montenegro.... para abastecer o barco, resolveu bater um papo .... até porque a chuvinha que cai lá fora não incentiva muita coisa.Bar é um portinho marfanho parecido com Angra dos Reis..perto do morro e cheio de barraco nas encostas ... até a chuvinha é parecida com a de Angra.
O nome da cidade ... Bar ... me fez lembrar que a Nau Pirata parece até cavalo de bebado .... bobeou ... ela vai pro Bar !
Aproveitando a parada logistica ... resolvi contar a estória do novo idioma , que este,poliglota carteador pirata que vos fala, inventou.....é o KARIMÊS !... o nome do idioma é uma homenagem ao nome paisano da Nau Pirata (Karima)
Nessa torre de Babel que é a Nau Pirata fui aos poucos criando um dialeto que caiu no gosto popular a bordo.... e com isso tenho tornado o convivio neste "big brother" internacional mais ameno
No karimês existe por exemplo o verbo "to cafumar"
O idioma dominante a bordo é o inglês .... Como não é a minha lingua pátria... resolvi criar variações no anglo idioma ... só para simplificar....Assim : to cafumar= tomar café e depois fumar na popa levando um papo inconsequente.
O verbo é conjugado da seguinte maneira : I cafumo... you cafuma .. he(she )cafuma...we cafumamos...you cafumes ... they cafumam........como podem ver .. muito simples e todo mundo entende

Outro verbo muito usado a bordo é o "to carcar" .....esse verbo é empregado para se referir a qualquer tipo de repreensão emanada normalmente do Captain......No meu caso partircular ... levei uma carcada da torre de controle de Nápoles ...quando a chamei de "capuccino tower".... quando o call sing correto era "capodiccino tower"........e ai a torre de Nápoles.."carqued me"

No fim da viagem acredito que todos os crews de big boat vão estar falando perfeitamente o KARIMES .
Por falar nos "crews de big boat".....a galera mudou do ano passado pra essa nova temporada....novo Captain(ingles)...novo imediato(holandes)....novo cuca(espanhol)....e mais uma galera australiana...sul africana... e até romena... A novidade é um cucaracho uruguaio que vai embarcar na Croácia.
Pois é isso por enquanto.....aí vai uma fotinho do entediado pirata que vos fala passeando em Roma ... num dos raros momentos de folga!....fui ao Vaticano para orar pelos pecados da humanidade ... uma vez que pirata que é pirata ... não peca...

see you later...

beijo no coração de todos e na bunda de alguns !